Skip to content

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NA SUÍÇA PARA ARTISTAS MULHERES CIS/LGBTQIA+ PROVENIENTES DA AMAZÔNIA

Protagonistas na luta ambiental e na proteção da Floresta Amazônica e seus habitantes, artistes da Amazônia estão articulando novos gestos, linguagens e cosmovisões sobre a região, nos ajudando a compreender a complexidade e a relevância do território para o mundo. Pautadas pela ética do cuidado e por práticas decoloniais de coexistência, seus trabalhos reinventam a Amazônia contemporânea propondo soluções para resistir ao Antropoceno.

Por esse motivo, o Festival LABVERDE em parceria com o Festival CULTURESCAPES está oferecendo uma residência de três meses em Basel, Suíça, entre os meses de agosto e outubro de 2021, para artista mulher cis ou LGBTQIA+ da Amazônia. A residência será realizada no âmbito do Festival Amazônia Culturescapes 2021 e sediada pelo programa de residência do Atelier Mondial.

“O objetivo desta residência é contribuir com o destaque contínuo da arte amazônica no contexto internacional, incentivar a pesquisa e a aprendizagem mútua, além de posicionar as práticas artísticas da Região Amazônica em um ambiente global de intercâmbio transcultural”, diz a curadora amazonense Lilian Fraiji sobre a oportunidade.

Podem participar artistas visuais, dançarinas, performers, escritoras, curadoras, artesãs, musicistas e cineastas, provenientes da Região Amazônica dos países Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia e Guianas, com domínio da língua inglesa.  A submissão será encerrada dia 24 de maio de 2021.

Para participar as artistes devem enviar documentação em inglês para o e-mail residency@culturescapes.ch

-Carta de motivação (no máximo 250 palavras)

-Mini bio

-Portfólio. 

Os organizadores ficarão responsáveis pelo financiamento da passagem aérea, hospedagem, per diem e seguro de saúde. A seleção será realizada em junho e a residência ocorrerá entre os meses de agosto e outubro de 2021.

Festival Labverde

Labverde é uma plataforma de conteúdo multidisciplinar sobre a Região Amazônica (Brasil), protagonizada por instituições radicadas em Manaus (Manifesta Arte e Cultura e o Instituto Nacional de Pesquisas Da Amazônia) para promover o pensamento crítico sobre a natureza e a ecologia.

Nos dias 2,3, 4 e 5 de Junho o programa Labverde celebrará a semana do meio ambiente com o Festival O Amanhã é Agora, onde artistas, cientistas, lideranças indígenas se juntam para trocar saberes e experiências sobre a preservação da Amazônia.

Mais informações acesse aqui

También te puede interesar

Convocatoria:premio Mavi Arte Joven 2020

El Museo de Artes Visuales (MAVI) abre hoy su convocatoria al Premio MAVI Arte Joven 2020, con el que busca descubrir y potenciar nuevos talentos artísticos. La convocatoria 2020 está abierta entre el 22...

MICROCURADURÍAS: UN NUEVO DIPLOMADO DESDE EL NORTE DE CHILE

La Corporación Cultural SACO acaba de lanzar el diplomado "Microcuradurías. Curadurías desde la marginalidad", programa de especialización único en Latinoamérica enfocado en el entendimiento y práctica de la curaduría de arte contemporáneo. A desarrollarse...